Direitos de transmissão do Confronto de Natal vão para a Disney

author
1 minute, 54 seconds Read


Durante uma vitrine de conteúdo da Ásia-Pacífico realizada em Cingapura esta semana (via The Hollywood Reporter), a Disney anunciou que expandiria sua parceria com a editora japonesa Kodansha e licenciaria títulos de anime exclusivos no futuro, começando com o próximo Tokyo Revengers: Confronto de Natal.

RELACIONADOS: Sequência do filme live-action Tokyo Revengers anunciada

O próximo anime, que deve começar a ser exibido no Japão em janeiro de 2023, será transmitido exclusivamente no Disney+ e Disney+ Hotstar a partir de janeiro na Ásia. Não está claro exatamente em quais plataformas o anime chegará em outros países, no entanto, os fãs terão que esperar por mais informações à medida que a data de lançamento se aproxima. Juntamente com o anúncio do licenciamento, a Disney também confirmou que iria co-produzir originais de anime com a Kodansha para transmitir exclusivamente no Disney+.

O novo Tóquio Revengers O anime se concentrará no arco “Christmas Showdown” do mangá e começará de onde a primeira temporada da série terminou. O anime começou a ser exibido em abril de 2021, com 24 episódios disponíveis atualmente.

“Assistindo ao noticiário, Takemichi Hanagaki descobre que sua namorada do ensino médio, Hinata Tachibana, morreu. A única namorada que ele teve acabou de ser morta por um grupo vilão conhecido como Tokyo Manji Gang”, diz a sinopse oficial da série. “Ele mora em um apartamento de baixa qualidade com paredes finas, e seu chefe seis anos mais novo o trata como um idiota. Além disso, ele é um virgem completo e total… No auge de sua vida no fundo do poço, ele de repente salta doze anos de volta aos seus tempos de escola! Para salvar Hinata e mudar a vida que ele passou fugindo, o desesperado Takemichi deve almejar o topo da gangue delinquente mais sinistra de Kanto!”

RELACIONADOS: Trailer da 2ª temporada de Tokyo Revengers destaca o arco do duelo de Natal

Tóquio Revengers começou a receber ótimas críticas e teve 24 episódios antes de concluir sua primeira temporada. O mangá no qual o anime se baseia é um dos mais populares no Japão atualmente, tendo até vencido o 44º Kodansha Manga Awards na categoria Shōnen.

Similar Posts